5 dicas de organização para a volta às aulas

agosto 07, 2015

Imagem: FreeDigitalPhotos.net

Fim das férias escolares de Julho, é hora de se preparar para o segundo semestre do ano. As minhas aulas retornam na próxima segunda-feira, então vou compartilhar com vocês o que estou fazendo para me organizar. São 5 dicas que vão tornar seu semestre muito mais produtivo:

1- Organizar a papelada do semestre anterior
A quantidade de papéis que acumulamos, principalmente na faculdade, é assustadora. Então sugiro que você revise toda a papelada do semestre passado e guarde apenas o que achar necessário, reciclando o quanto puder (eu uso folhas usadas de um lado como rascunho) e jogando fora o resto. Veja neste outro post como eu faço isso.

2- Checar (e comprar, se necessário,) material escolar
Provavelmente em janeiro você comprou material escolar para o ano todo, mas sugiro que você verifique se está tudo ok, pois pode ser que você precise de uma mochila nova, de mais canetas ou queira comprar algum outro item para este novo semestre. Além disso, se você faz faculdade, está entrando em um novo período do curso e deve precisar comprar alguns livros, então coloque-os na sua lista de compras, se já tiver acesso à bibliografia recomendada.

3- Organizar o local de estudo
Um local organizado é extremamente necessário para um bom aproveitamento nos estudos, então dê uma geral na sua escrivaninha ou no local que você usa para fazer suas leituras e trabalhos. Já escrevi aqui no blog sobre como organizar uma mesa de trabalho e as dicas podem ser usadas também para uma mesa de estudos. Para acessá-los clique aqui e aqui.

4- Imprimir o horário e o plano de ensino das disciplinas
Assim que sua escola ou faculdade disponibilizar o horário e o plano de ensino de cada disciplina, imprima-os ou, se preferir, salve-os no seu computador. O plano de ensino traz informações importantes como datas de prova, datas de entrega de trabalhos, objetivos da disciplina, tópicos que serão vistos e bibliografia sugerida. Uma sugestão: anote em sua agenda pessoal todas as datas importantes do seu curso, assim você não corre o risco de se esquecer de estudar para alguma avaliação ou de entregar alguma atividade.

5- Planejar uma rotina de estudos
Não basta só ir à aula, para aprender é preciso ter uma rotina de estudos fora da sala de aula. Sei que se você trabalha e estuda, essa é uma missão quase impossível. #tamojunto

Mas é preciso encaixar o estudo individual em algum momento da sua semana, então aproveite esse início de semestre para se organizar nesse sentido. Se você consegue chegar mais cedo na faculdade, considere usar a biblioteca ou o laboratório de informática para fazer alguma leitura ou atividade antes do início da aula. Além disso, separe algumas horas dos seus dias de descanso para revisar o conteúdo visto na semana, fazer exercícios e trabalhos.

Para criar uma rotina de estudo, você pode seguir um cronograma de horário fixo ou utilizar o método de estudo por ciclos, muito divulgado pelo "concurseiro" Alexandre Meirelles e o meu preferido.

No caso de concursos, o método de estudo por ciclos consiste em:
1) estipular quantas horas de estudo terá um ciclo (que pode ser semanal, mensal, quinzenal).
2) Dividir essas horas entre as matérias que você terá de estudar de acordo com o seu grau de desconhecimento, o grau de dificuldade, o tamanho do conteúdo e o peso de cada uma delas.
3) Utilizando os dados do item 2, montar um cronograma que será seguido de forma cíclica.

Para a faculdade, a única coisa que muda no método é que o peso não entra, já que não existe diferenciação entre as matérias e você vai precisar ter bom aproveitamento em todas para conseguir a aprovação, certo?

Tentando explicar melhor, veja um exemplo do ciclo de 16 horas que criei para estudar para um concurso alguns anos atrás:
Exemplo de um ciclo de 16 horas de estudo usando como base o cálculo de proporção de estudos por matéria.
Por que 16 horas? Porque era esse o tempo que na época eu tinha por semana para estudar. Como cheguei nesse número? Analisando toda a minha semana, conforme falei detalhadamente nesse post aqui.  Depois de definir a quantidade de horas para estudo, calculei qual o tempo para cada matéria de acordo com o meu grau de desconhecimento, o grau de dificuldade, o tamanho do conteúdo e o peso da disciplina. No caso da faculdade, como eu já disse, desconsideramos o peso. Para facilitar, criei uma planilha que faz esse cálculo automaticamente, bastando inserir alguns dados simples. Para fazer o download da planilha, acesse este post.

Bom, depois de calcular o tempo que seria dedicado a cada matéria, montei o cronograma acima, tentando distribuir as disciplinas de maneira a criar uma distância parecida entre elas e intercalando matérias mais teóricas com matérias mais exatas. Por fim, foi só seguir os estudos da seguinte forma: se no dia que iniciei os estudos, tinha 2 horas para estudar, estudei 1 hora de Português e 1 hora de Raciocínio Lógico. Da próxima vez que eu fui estudar, iniciei com Direito. Se eu tive apenas 1 hora disponível, estudei 1 hora de Direito. Se tive 2 horas, estudei 1 hora de Direito e 1 hora de Informática. Quando cheguei ao último quadradinho branco (Informática), retornei para o primeiro (Português) e assim sucessivamente. Se você ainda não entendeu como funciona o estudo por ciclos, sugiro clicar aqui e baixar o Manual do Concurseiro, escrito pelo Alexandre. O método está bem explicadinho na dica nº 10.

É isso, espero que essas dicas sejam úteis para você! Tem mais dicas de organização para a volta às aulas? Conta para mim nos comentários.

Quer mais dicas de organização para estudantes, leia este outro post: Dicas de organização para estudantes. Boas aulas!

Você também vai gostar de ler:

1 comentário(s) - Comente aqui!

Sobre a Casa

Sobre [span]mim[/span]
Organizando.org agora é Minha Casa Organizada

O conteúdo que você já conhece com visual mais clean e endereço amigável! Devido à mudança, o blog pode apresentar erros. Obrigada pela paciência. Para relatar um erro, acesse a página de CONTATO. Para saber mais sobre o blog e a autora, acesse a página SOBRE.

Curta no Face