Como organizar uma viagem em 5 passos

março 15, 2015


Esse ano de 2015 tem um grande número de feriados e eu quero aproveitar algum (ou alguns) deles para viajar. Faz um tempinho que não saio da minha amada Beagá. Sabe quando é preciso mudar de ares, conhecer paisagens diferentes? Pois é. Então, resolvi planejar uma viagem. Inicialmente, eu fiz algumas pesquisas em agências de turismo, mas daí pensei “Por que comprar um pacote se eu já planejei por conta própria boas viagem e com isso economizei dinheiro?” Nesse post vou mostrar para vocês as dicas que eu sigo para planejar qualquer viagem.



1- DEFINIR O PERÍODO

Bom, a primeira coisa que eu faço é confirmar o período em que poderei viajar. Por que definir o período antes do local? Porque existem melhores épocas para se visitar determinas regiões, seja devido ao clima, seja devido a algum evento local importante.

Imagine que você escolhe uma cidade, faz vasta pesquisa sobre transporte, hospedagem, pontos turísticos, e seu chefe define suas férias para um período em que chove bastante nesse destino? Por isso, o melhor é confirmar a data da viagem antes para depois partir para escolha do local, pesquisas de preços e por aí vai.

Claro que se você é autônomo, pode escolher o local a qualquer momento, afinal é você (em tese) que define quando estará de folga e pode programar sua viagem de acordo com a melhor época.

2- ESCOLHER O LOCAL

A partir da definição da data, pode-se escolher de maneira mais acertada qual local visitar. Como é o clima da cidade que eu pretendo visitar nessa época do ano? É muito quente? Chove demais? Essas são perguntas que devemos ter em mente enquanto pesquisamos sobre a cidade desejada. Se você estiver se programando para uma viagem no outono, por exemplo, saiba que as regiões sul e sudeste do Brasil são uma boa escolha, pois nessa época o clima é agradável e o tempo firme, com possibilidade quase nula de chuva. Por outro lado, se pretende ir ao Nordeste, o melhor período é no verão.

3- DEFINIR TRANSPORTE

Depois de escolher data e local, é hora de pesquisar a melhor forma de transporte. Nesse quesito, temos escolhas baseadas em valores, conforto ou custo benefício. Avião, ônibus, carro próprio? Não há dúvida que uma viagem aérea é muito mais confortável e rápida, mas nem todos os destinos possuem aeroportos e pode ser mais trabalhoso e cansativo fazer uma viagem aérea até a cidade mais próxima e de lá ter que seguir de outro meio de transporte.

Assim, é importante pesquisar sobre a distância da sua cidade até o local de destino e quais os tipos de transporte estão disponíveis para lá. Use o Google Maps para conhecer a distância. Para saber quais os meios de transporte disponíveis, busque nos sites da companhia aérea de sua preferência e nos das empresas rodoviárias de sua cidade.

Além disso, o custo deve ser considerado. Há épocas em que as passagens aéreas estão muito mais caras e ir de ônibus pode compensar, apesar do menor conforto. Pesquise sempre valores das passagens aéreas e rodoviárias antes de tomar qualquer decisão. Lembre-se também que as companhias aéreas lançam diversas promoções. Faça buscas regulares em dias alternados e se aparecer uma promoção, avalie se vale a pena. Ir de carro próprio é interessante, caso a distância seja menor ou caso haja mais motoristas para revezar na direção. Dirigir por muito tempo é cansativo e perigoso!

4- DEFINIR HOSPEDAGEM

Escolher a hospedagem é uma das partes que eu considero mais chatinhas do planejamento de uma viagem, porque lidamos com muitas informações e corremos o risco de nos confundirmos e acabar escolhendo uma opção não tão vantajosa.

Como diz o ditado “às vezes o barato sai caro”. Além do preço, é necessário colher informações sobre localização (É perto dos pontos turísticos da cidade, tem fácil acesso?), acomodações (Tem TV? Ar condicionado ou ventilador?), serviço de quarto (Tem? É incluso ou cobrado à parte?). Qual horário de entrada (check in) e saída (check out)? Quais as formas de pagamento? Sugiro que você crie uma planilha simples com esses dados para que a comparação fique mais fácil de ser visualizada. 

5- DEFININDO UM ROTEIRO DE PASSEIOS PARA SUA VIAGEM

Eu sou uma pessoa que funciona mais à noite, então sabe aqueles passeios programados que as agências de turismo geralmente marcam para de madrugada manhã? Eu quase sempre perco, pois prefiro dormir até mais tarde ou então acabo indo meio mal humorada, o que para uma viagem de lazer não é nada agradável. Se você por esse ou outro motivo também não gosta desses passeios com hora e duração definidos, sugiro que faça como eu: dispense esse serviço e faça seu próprio roteiro turístico.

Pode parecer complexo, mas não é um bicho de sete cabeças. Existem sites especializados muito bons na internet e que você pode acessar gratuitamente. O Roteiro de Turismo é um deles e possui muitas informações sobre os principais roteiros das regiões sul e sudeste do Brasil. Nos próximos posts, o Julio, administrador do site, vai nos dar dicas de destinos muito bacanas. Aguardem!

Você também vai gostar de ler:

0 comentário(s) - Comente aqui!

Sobre a Casa

Sobre [span]mim[/span]
Organizando.org agora é Minha Casa Organizada

O conteúdo que você já conhece com visual mais clean e endereço amigável! Devido à mudança, o blog pode apresentar erros. Obrigada pela paciência. Para relatar um erro, acesse a página de CONTATO. Para saber mais sobre mim e o blog, acesse a página SOBRE.

Curta no Face