Documentos: quanto tempo devo guardá-los?

janeiro 16, 2012

Muita gente guarda excesso de papel por medo de descartar algo que possa precisar no futuro. Alguns documentos realmente precisam ser guardados por um determinado prazo. Segue um pequeno guia para te ajudar a separar o que deve ser jogado fora do que deve ser arquivado.



  • Contas de tarifas públicas: 5 anos;
  • Mensalidade escolar: 5 anos;
  • Condomínio e aluguel: é bom guardar por todo período em que estiver no imóvel; 
  • Boletos de cartão de crédito e planos de saúde: pelo menos 1 ano; 
  • Notas fiscais: guarde pelo período de vida útil do produto;
  • Comprovantes de depósito / saques e recibos de débitos automáticos: descarte depois de conferí-los com o extrato mensal;
  • Canhotos de cheques: guarde os mais recentes para comprovação de pagamento;
  • Apólices e contas de seguros: guarde durante todo o período de vigência, conserve o comprovante de pagamento mensal até receber a conta seguinte. Descarte apólices vencidas e extratos antigos;
  • Documentos de investimentos: conserve todos os documentos relativos aos investimentos, se os extratos forem cumulativos, como os da poupança, guarde apenas o mais recente. Não é preciso guardar demonstrativos de ano para ano;
  • Compra de imóvel: até sair a escritura; 
  • Escrituras e registros de propriedades: devem ser guardados para sempre, exceto em caso de venda;
  • Imposto de renda: documentos e comprovantes do imposto de renda devem ser guardados durante 6 anos. Arquive os documentos em pastas relativas a cada ano e rotule-as.

Você também vai gostar de ler:

1 comentário(s) - Comente aqui!

  1. Oi estou copiando mas pode deixar que eu sempre coloco a URL junto é somente para melhorias no meu ambiente de trabalho muito obrigada*

    ResponderExcluir

Sobre a Casa

Sobre [span]mim[/span]
Organizando.org agora é Minha Casa Organizada

O conteúdo que você já conhece com visual mais clean e endereço amigável! Devido à mudança, o blog pode apresentar erros. Obrigada pela paciência. Para relatar um erro, acesse a página de CONTATO. Para saber mais sobre o blog e a autora, acesse a página SOBRE.

Curta no Face